Marcia Jorge fala sobre como a estética CAMP pode ser incorporada ao estilo

Marcia Jorge fala sobre como a estética CAMP pode ser incorporada ao estilo

Exagero é permitido devido à liberdade de escolha proporcionada pela democracia fashion

CAMP significa exagerado, apoteótico, teatral e até mesmo lúdico. Esse termo, bastante discutido depois de ser tema do Baile do Met em NY (em seis de maio) já está incorporado ao vocabulário fashion. “Como vivemos um momento deliciosamente democrático no mundo da moda, tem para todo mundo: do minimalista ao over, ninguém fica de fora,” diz a especialista.

De acordo com Marcia uma forma de utilizar esse exagero a seu favor é apostar nos volumes de mangas, saias, golas, ombros e punhos, desafiando as silhuetas tradicionais. Então estão liberados os babados, os franzidos, as sobreposições em várias camadas, em qualquer parte do corpo, sendo ele naturalmente volumoso ou não.

Uma dica: quem não quiser utilizar os volumes, mas mesmo assim, deseja surfar nessa onda, pode se valer dos brilhos, inclusive durante o dia (coisa inimaginável até pouco tempo atrás!). Os metalizados estão em toda a parte, assim como as flores, em todos os tamanhos, que podem ser aplicadas ou usadas em estampas, aliás bem coloridas.

Outro ponto importante, de acordo com a Stylist é que como esse tema já está incorporado às coleções, é possível encontrar peças com preços bem acessíveis, em lojas Fast Fashion. Não é preciso gastar uma fortuna numa roupa que pode ser que daqui alguns meses não se queira mais. Essas lojas citadas estão oferecendo boas propostas de produtos, a um preço justo.

Mas Marcia adverte: quem for básico, natural, clean, não precisa negar sua identidade em nome de uma tendência. “Existem pessoas que gostam desse estilo e seguram o look; outras, já não gostam e não se sentem bem e está tudo certo!” Seu corpo, sua roupa, suas regras, conclui.

Sobre Marcia Jorge

Consultora, Stylist e Editora de Moda, Marcia Jorge cria imagens tanto para marcas como para pessoas físicas. Trabalhando no segmento de moda há mais de 20 anos a profissional é responsável por inúmeras campanhas, catálogos e desfiles. Nesse período desenvolveu um método exclusivo para atender clientes corporativos ou pessoais, que foge daquele tradicional “certo e errado”, fazendo com que o cliente amplie seu autoconhecimento, autoestima e afirmação de identidade. A profissional costuma ministrar palestras, cursos e atendimentos pessoais e corporativos.

 

marciajorge.com

@oimarciajorge




Voltar