Novidades marcam a coleção de Inverno 2019 Camila Klein

Novidades marcam a coleção de Inverno 2019 Camila Klein

As peças possuem nomes inspirados no universo do feitiço e da bruxaria

 

As Ilusões e os paralelos entre o real e o que engana os nossos olhos são o ponto de partida para a nova coleção de inverno 19 Camila Klein, com famílias de nomes inspirados no universo do feitiço e da bruxaria, como Samantha, Blair, Elvira, Helena, Maggie e Joan. Da Op Art e da ilusão de ótica partem o design das peças, ora inebriadas de geometria, ora privilegiando as formas orgânicas também geradas pelo engano do nosso olhar. Cores neutras e elegantes são surpreendidas por momentos flúor em amarelo e pink, com o compromisso de desconstruir o literal e trazer beleza e confiança ao universo feminino. Em Balneário Camboriú a loja fica no Balneário Shopping.

Família Samantha (preview)

Composições de linhas e ângulos em metais esmaltados formam a principal característica desta família, complementada pelo uso de cristais triangulares que reforçam um visual super geométrico. Cristais longos e ovais e pingentes de cristal com lapidação irregular desequilibram a geometria e trazem ineditismo. No banho ouro velho, cristais transparentes e nas cores ametista, cinza e preto convivem com esmaltação em verde oliva. As peças no banho prata velho trazem esmaltação roxa, acompanhada de cristais transparentes, amadeirados e no verde esmeralda.

Família Évola

Em parceria exclusiva com a Swarovski, surge este lançamento especial para o Inverno 2019 com o uso inédito da pedra em lapidação Asscher - em formato octagonal, muito utilizada para lapidação em diamantes e bastante rara – que aparece em diferentes tonalidades e misturadas com metais e elementos de formas gráficas, esmaltações e pérolas. No banho ouro velho, cristais transparentes e cinzas recebem esmaltação em tons nude rosado, cinza e roxo, com destaque para a esmaltação rosa flúor em peças conceituais. No banho grafite, tons de cinza azulado, gelo e petróleo na esmaltação acompanham cristais transparente e cinza, com pontos de cristais azuis e esmaltação amarelo flúor em peças especiais. O ilusionismo é traduzido pela aplicação de tampas acrílicas que deixam os cristais inatingíveis. Destaque para peças especiais: broches, cintos e chaveiros.

Família Elvira

Composições de triângulos de diferentes cores e tamanhos são responsáveis pela programação visual das peças desta família, que traz cristais Swarovski com efeito laqueado. No banho ouro velho, aparecem cristais transparentes e nos tons champagne, cinza e vinho, com esmaltação marfim. Peças especiais trazem pérolas cinza, vidrilhos e esmaltação rosa flúor.  No banho prata velho, cristais transparentes e champagne são complementados por cristais e esmaltação pretos, com intervenção especial de amarelo fluor, pérolas brancas e vidrilhos cinza. Destaque para cintos e chaveiros como novidades.

Família Blair

Flores e galhos surgem das interpretações visuais de elementos da Op art e formam o principal eixo desta família, que traz a mistura de materiais como pérola, pedras naturais, acrílicos esculpidos, resinas e acabamento em esmaltação. No banho ouro velho, esmaltações nas cores preto e coral são combinadas com cristais transparentes, pérolas brancas e pretas, pedra natural Jade tingida coral e resina preta. No banho prata velho, esmaltações em preto e turquesa são combinadas com cristais transparentes, pérolas brancas e pretas, pedra natural Jade tingida turquesa e resina preta. Peças especiais trazem acrílico fosco esculpido em formato de flores. Destaque especial para cintos, chaveiros e broches com lenços. 

“O véu pode ser branco, pode ser verde, pode ter a cor que para ele elegermos. 

Do universo Camila Klein, faço um convite: perceba a cor do seu véu.

Nossa alma vem com permissão para flertarmos com o ilusório e vivermos a experiência da ausência da razão.

Podemos viajar, sonhar e fantasiar nosso próprio mundo. Mudar as cores e sabores. Pintar e compor com alquimia e misticismo. Somos nós quem abrimos os portais dessa fantasia e escolhemos as cores e formas que imprimem nossa existência.

O mundo se mostra a nós através da nossa própria ilusão de ótica.

Mas o que é feitiço e o que é real?

Não podemos perceber o que está realmente ali se continuarmos atrás dos véus que distorcem nossa realidade”.

Camila Klein

Fotos: Divulgação




Voltar